Sofia Lima Sousa: da delicadeza ao papel cheio

Como prova de CANDURA, atiçámos a curiosidade de Sofia Lima Sousa com um pedido de ilustração de uma rosa, a rainha dos aromas primaveris, o pilar dos encantos e arrebatamentos. A nossa capa deste mês dos amores é o resultado harmonioso deste convite.

Com raízes na cidade do Porto, Sofia Lima Sousa é designer gráfica e ilustradora, duas vertentes de um mesmo caminho criativo que surgiu desde cedo e que se revelava através de tarefas diárias como «desenhar, imaginar, idealizar e criar».

ALMANAQUE - Sofia Lima Sousa - ilustração

Apesar de já ter trabalhado em algumas agências de design no Porto, Sofia é, actualmente, freelancer nas suas áreas do coração. Viveu em Londres durante dois anos, onde fez alguns cursos de ilustração e de serigrafia, e participou, também, em alguns concursos, tendo alcançado o primeiro lugar no concurso da Adidas Urban Sounds.

O seu trabalho como hoje o conhecemos nem sempre foi assim. As suas ilustrações começaram por ser abstractas, «formadas por linhas infinitas com canetas de bico fino sobre papel». A sua identidade transpareceu depois de perceber que queria «fazer ilustrações que influenciassem, de forma positiva, a vida de outras pessoas».

ALMANAQUE - Sofia Lima Sousa - ilustração

Hoje, as ilustrações são serenas, tranquilas e quase parecem saídas de nuvens. O processo criativo é algo que se trabalha desde o início, e Sofia recorda-se bem do que a trouxe até aqui. «Quando comecei a ilustrar, era tudo muito mais abstracto, com muitas linhas, padrões e formas simples que levavam as pessoas às suas próprias interpretações. A colagem é outra técnica que vão encontrar no meu trabalho. Adoro misturar imagens de design e de moda e de finalizar com uma ilustração minha».

Queria que as minhas ilustrações transmitissem boa energia, tranquilidade e beleza, tudo o que procuro na minha forma de estar na vida.

«Ilustrei um pouco de tudo: montras de lojas e restaurantes, máquinas fotográficas, cadeiras, copos e candeeiros, pequenos livros de histórias infantis. Acho que o meu traço sempre foi expressivo, elegante, feminino e romântico. No entanto, como referi em cima, continuava à procura de um estilo que pudesse fazer as pessoas sorrirem. A vida é complicada e, por isso, queria que as minhas ilustrações transmitissem boa energia, tranquilidade e beleza, tudo o que procuro na minha forma de estar na vida».

ALMANAQUE - Sofia Lima Sousa - ilustração

«As minhas ilustrações ficaram mais simples e delicadas, com um humor soft. Assim nasceu uma das minhas primeiras personagens, o Urso dos pensamentos positivos, depois veio o Panda, os Flamingos, seguidos de todas as outras personagens. Todos os meus desenhos são ilustrados à mão com muito amor, sendo que os toques finais são feitos no computador com alguns píxeis».

ALMANAQUE - Sofia Lima Sousa - ilustração

É fácil encontrar resquícios do trabalho de Sofia por aí, seja numa exposição, numa galeria ou numa loja, de norte a sul do país. «Uma das [exposições] que me deu mais prazer foi em Moledo, no restaurante P’ra Lá Caminha, onde fiz uma ilustração grande na montra. Para apresentar a minha nova colecção de ilustrações quis fazer o mesmo, e aconteceu numa pequena exposição no Oficina – Café Criativo, no Porto, onde fiz também uma ilustração na montra de um panda a beber chá com uma fatia de bolo. A reacção foi muito positiva e incentivou-me a continuar».

ALMANAQUE - Sofia Lima Sousa - ilustração

«Nessa altura, estava a trabalhar num espaço de cowork chamado CRU, na Rua do Rosário, também no Porto, onde tive a sorte de conhecer pessoas maravilhosas e muito talentosas. Duas dessas pessoas, que me apoiam desde sempre, organizam o Urban Market by Portugal Lovers, onde comecei a participar a convite delas. É óptimo ver como as pessoas reagem ao nosso trabalho e ver um sorriso. Quando isso acontece, sinto-me realizada».

Com um estilo que considera simples, delicado, romântico e cheio de amor, Sofia de Lima Sousa é, indubitavelmente, um espelho deste traço que compõe a sua rotina e que a permite explorar vários caminhos dentro do que gosta de fazer.

Imagens ⓒ Sofia Lima Sousa

Leave a comment