Os irresistíveis de Abril

Enquanto a Primavera teima na sua timidez, procura-se encontrá-la em aromas que nos deleitam e acariciam a pele. As flores e os frutos transformam-se em óleos e poções que se juntam para formas tangíveis – os sabonetes.

Houve uma época em que quase foram remetidos ao esquecimento, suplantados pela euforia do gel e das loções de banho. Sob o pretexto do pragmatismo, estes tomaram de assalto as prateleiras do dia-a-dia (as do mercado e as de casa) e declararam guerra ao velhinho sabonete, acusando-o de malefícios mil.

ALMANAQUE - irresistíveis - sabonetes

Entre nós, o caso foi grave e o sabonete, de reputação manchada, quase desapareceu. Quase. Aos poucos e à medida que o vintage começou a soar a qualidade aos ouvidos duros, houve quem resgatasse da memória a mestria da saboaria. A valorização de tradições ancestrais e de técnicas artesanais deu origem produtos únicos de excelente qualidade, sabonetes de luxo que se distinguem pelos benefícios dos seus ingredientes e pela estética das suas embalagens.

ALMANAQUE - irresistíveis - sabonetes

A valorização de tradições ancestrais e de técnicas artesanais deu origem produtos únicos de excelente qualidade.

Em Portugal, há marcas que passaram fronteiras e se tornaram estrelas em casas de celebridades como Oprah Winfrey, que enalteceu as virtudes dos lindos sabonetes da Claus Porto.

É da Claus Porto, justamente, um dos sabonetes que se elegem este mês, o ‘Grinalda’ de rosas. Semelhantes na forma e no toque são os da Castelbel, dos quais se optou pelo de Romã. Para além de sabonetes, cada gama dispõe de vários produtos, desde difusores a cremes de mãos e de corpo, uma boa aposta para quem gosta de difundir os aromas pela casa e criar ambientes de bem-estar.

ALMANAQUE - irresistíveis - sabonetes

Agradável descoberta foram os sabonetes da Real Saboaria, muito cremosos, hidratantes e extremamente delicados. A escolha foi para ‘Campestre’ de flor de cerejeira, ‘Bilros’ de amêndoa, ‘Bouquet de Flores’ de jasmim branco e ‘Flores do Campo’ de violeta.

Preenchem todos os requisitos para serem absolutamente irresistíveis: são de excelente qualidade, têm o tamanho adequado, encontram-se facilmente (em qualquer loja Well’s) e, tendo em conta a qualidade, são vendidos a um preço muito acessível.

Finalmente, o ‘Il Frutteto’ de Cedro e Bergamota, da Nesti Dante, uma fábrica italiana. ‘Il Frutteto’ é a gama de sabonetes que contêm frutos (figo e amêndoa, uva e mirtilo, azeitona e tangerina, menta e pêra, entre outros), mas existem outros à base de flores, de legumes e de óleos de plantas.

Sendo sabonetes de tamanho grande, aconselha-se a cortá-lo em duas ou três porções. Tanto a gama ‘Horto Botanico’ (de legumes) como esta ‘Il Frutteto’ são muito adequadas para usar na cozinha, embora entre nós não haja o costume de ter sabonete no lava-loiças.

Fotos ⓒ Colectivo 71.86

Leave a comment