From PÓ-DE-ARROZ

Kruella D’Enfer: do traço à cor expansiva (ii)

PÓ-DE-ARROZ é o tributo merecido à sensibilidade e à força, à robustez que é ser mulher sem desprendimento do feminino, da candura, da destreza. É o elogio que faltava e que preserva agora, aqui. Se é de traço singular que falo hoje, mal de mim se me sai da memória o que mais me alicia…

Kruella D’Enfer: paredes-meias com o abismo multicolor (i)

PÓ-DE-ARROZ é o tributo merecido à sensibilidade e à força, à robustez que é ser mulher sem desprendimento do feminino, da candura, da destreza. É o elogio que faltava e que preserva agora, aqui. Kruella D’Enfer dá o mote para o alter-ego que a conduz e caracteriza neste universo tão vasto e dilatado que é a street art. Cores…

Anita dos 7 Ofícios: a música faz-lhe bem

PÓ-DE-ARROZ é o tributo merecido à sensibilidade e à força, à robustez que é ser mulher sem desprendimento do feminino, da candura, da destreza. É o elogio que faltava e que preserva agora, aqui. Vivemos um momento relevante em que o visual quase se impõe inevitavelmente ao escrito e, até, ao tangível em algumas circunstâncias.…

Anita dos 7 Ofícios: a leveza das palavras escritas

PÓ-DE-ARROZ é o tributo merecido à sensibilidade e à força, à robustez que é ser mulher sem desprendimento do feminino, da candura, da destreza. É o elogio que faltava e que preserva agora, aqui. A vida é uma crónica. Das linhas surgem etapas, dos erros emergem atlas dos corpos que habitamos. Escrever transforma-nos como seres…

ALMANAQUE - Anita dos 7 Ofícios

Anita dos 7 Ofícios: a menina-mulher de sonho pungente

PÓ-DE-ARROZ é o tributo merecido à sensibilidade e à força, à robustez que é ser mulher sem desprendimento do feminino, da candura, da destreza. É o elogio que faltava e que preserva agora, aqui. Ana Morais é Anita, menina-mulher que se dilata entre a fotografia e a escrita, dois universos que se compõem e complementam –…

Mariana Duarte Silva: Cafetaria Village

PÓ-DE-ARROZ é o tributo merecido à sensibilidade e à força, à robustez que é ser mulher sem desprendimento do feminino, da candura, da destreza. É o elogio que faltava e que começa agora, aqui. Há no Village Underground Lisboa um espaço de eleição para a Mariana Duarte Silva: a Cafetaria Village, a história de amor…

Mariana Duarte Silva: o estúdio MetalBox

PÓ-DE-ARROZ é o tributo merecido à sensibilidade e à força, à robustez que é ser mulher sem desprendimento do feminino, da candura, da destreza. É o elogio que faltava e que começa agora, aqui. Seguindo o fio condutor que é o empreendedorismo dentro do Village Underground Lisboa e os projectos que se edificam e se…

Mariana Duarte Silva: da ideia à prática

PÓ-DE-ARROZ é o tributo merecido à sensibilidade e à força, à robustez que é ser mulher sem desprendimento do feminino, da candura, da destreza. É o elogio que faltava e que começa agora, aqui. Mariana Duarte Silva é uma das forças motrizes por detrás do Village Underground Lisboa, um centro de indústrias criativas e de eventos,…