From CULTURA

ALMANAQUE - Festival BONS SONS - Cem Soldos, Tomar

BONS SONS: melhorar o que já é bom

De 11 a 14 de Agosto, os cem-soldenses recebem de braços abertos o BONS SONS, aquele que é o mais abrangente festival de música portuguesa do país. Para quem lê esta frase com desdém, deixamos, pois, a confirmação preciosa nas mãos do director artístico, Luís Ferreira, mas não só: o ponto de partida é, desde…

ALMANAQUE — NOS Primavera Sound 2017

NOS Primavera Sound: o que não queremos esquecer

Já lá vai um par de meses, mas aqueles três dias mágicos não nos saem da cabeça. O NOS Primavera Sound deste ano chegou, venceu e não fez prisioneiros — talvez só aqueles que se prendem ao chão e prometem não mais partir de um dos recintos mais bonitos de Portugal, o do Parque da…

ALMANAQUE - LisbonWeek

LisbonWeek: cada bairro, uma cidade

A premissa arrojada do título espelha bem a intenção de uma das iniciativas mais necessárias dos nossos tempos, o LisbonWeek. Necessárias porquê, perguntam? Porque é nas raizes que encontramos o futuro e o que sobra de tudo isto depois de já cá não estarmos. Nesta edição, a descoberta faz-se nas ruas do Lumiar, o bairro…

ALMANAQUE - A Noite da Iguana - São Luiz Teatro Municipal

A Noite da Iguana, de Tennessee Williams

Em cena no palco do São Luiz, em Lisboa, está A Noite da Iguana, a peça de Tennessee Williams protagonizada por Maria João Luís, Nuno Lopes e Joana Bárcia e encenada por Jorge Silva Melo. Hoje, tal como em 1961 aquando da sua estreia na Broadway, somos arrebatados da pequenez das cadeiras para entrar na…

ALMANAQUE - 'O Fim da Noite' de Cobramor | Publicações NABO | DESISTO

‘O Fim da Noite’ de Cobramor – o poema que não o é

Chamam-lhe dois anos de escuridão, mas eu defino este período como quietude certeira. As Publicações NABO (Núcleo Apático das Brigadas do Ócio) retomam, então, a actividade com ‘O Fim da Noite’, uma edição que aglomera os pensamentos fluídos de Hugo de Oliveira, vulgo Cobramor, o «herdeiro do stream-of-conscience». Toda a gente mete sangue e suor – lágrimas…

ALMANAQUE - MAAT - Lightopia

Os caminhos de ‘Lightopia’ no novo MAAT

Nasceu e é para ser visto o novo MAAT – Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia, na Central Tejo, em Belém, ainda que a meia haste e com muito para dar ainda. ‘Lightopia’ foi uma das exposições em destaque até ao passado dia 4. Para inaugurar este novo espaço museológico no coração do antigo Museu da…

ALMANAQUE - OFF September - Mulheres ao poder no VU Lisboa

O OFF September é delas – e é todo nosso, também

Se é no Village Underground Lisboa, então é bom. Digo-o de boca cheia e sem medos, pois, até agora, é assim que tem acontecido. O OFF September vem provar, uma vez mais, que as mulheres sabem sempre o que fazem e, a acontecer, é para ser inesquecível. Começa hoje, dia 2 de Setembro, uma mescla…

ALMANAQUE - Leão, o Africano - Livro

Leão, o Africano, um livro de Amin Maalouf

Da minha boca ouvirás o árabe, o turco, o castelhano, o berbere, o hebraico, o latim e o italiano vulgar, pois todas as linguagens, todas as orações me pertencem. Mas eu não pertenço a nenhuma. Não pertenço senão a Deus e à terra, e é a eles que num dia próximo tornarei. (…) Muçulmano, judeu…

ALMANAQUE - Exposição 'Linhas do Tempo' na Fundação Calouste Gulbenkian

Linhas do Tempo, na Fundação Calouste Gulbenkian

Num reencontro único do tempo no tempo e da história na história, a Galeria Principal da Fundação Calouste Gulbenkian convida-nos a viajar ao âmago da sua própria existência através daquela que será, talvez, a exposição mais simbólica alguma vez patente no museu e no Centro de Arte Moderna. A história desta exposição tem 4 fases…

ALMANAQUE - Milhões de Festa (c) Renato Cruz Santos

Sdds, Milhões de Festa 2016

O tempo saudoso de três dias – quatro para os mais audazes – mágicos em Barcelos plenos de sol, música e boas energias parece-me tão distante quanto seria de esperar: o Milhões de Festa raramente passa despercebido e este ano provou, uma vez mais, que os festivais não se medem aos hypes. Há poucos como…